6 de ago de 2010

Coração de Vidro

Pensei que podia ter tudo que queria, achava que o que existia entre nós era forte o bastante para eu pensar que seria pra sempre. Mas acabei quebrando a cara. Nada é pra sempre, nada pode ser tudo infinito sempre tem um fim, mas acredito que se duas pessoas querem esse sentimento tem de aumentar e pode até ser infinito. Quando uma coisa é correspondida sempre tem uma resposta não um ponto de duvida.
Achei que estando contigo eu não me sentiria sozinho, mas quando você partiu [voltou pra casa], percebi que fiquei mais sozinho que antes. Uma solidão tão indefinida, que não sei nem como me expressar. Num instante estava feliz por ter você e no outro triste por estar sem sua presença.
Penso que toda a paixão terminada meu coração é quebrado, e leva um tempo pra ser modelado. Me perdi por completo numa pessoa, pensei que aquela paixão era verdadeira, sincera assim como eu esta sendo com ela. Não, eu quem estava perdido, a medida do tempo passava e você ia arrancando meu coração. O tempo passou e você roubou ele de mim, meu coração agora é vidro e ficou em suas mãos, mas você não soube cuidá-lo você simplesmente o derrubou.
Ele esta em pedaços ao chão.
Me perdi por completo em você, me entreguei a ti, mas porque? O que adiantou? Não adiantou em nada, porque você não sabia o que queria, alias não sabe. Acho que eu realmente me perdi sim e não era por você, estava perdido, não sabia se o que sentia era verdadeira.Eu fui tolo, que, hoje eu posso dizer. Fui uma pessoa que eu não conhecia. Não posso dizer que o que passamos foi um droga, não. Se eu dissesse que sim estaria mentindo a mim mesmo e a ti também. Mas o que adiantou tudo isso que passamos? A cada momento que eu ia te conhecendo ia me entregando a ti, e você roubando meu coração e eu esquecendo de mim. Você roubou meu coração e não soube cuidá-lo.
Hoje estou aqui, dia feliz dia triste. Tudo passa e eu aqui ainda pensando em ti. Não consigo te apagar, a forma como foi comigo. O carinho que tive contigo, hoje me sinto envergonhado das coisas que disse e fiz.
Estou realmente vivendo um avesso dos ponteiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário